Arquivo da categoria: design

Pepper and Pistol

Ficou bem bolado a produção e estampas com o design inspirado no Pólo Norte misturado com as criaturinhas das profundezas do mar,me babo toda!

Anúncios

GOLDFRAPP

Alison Goldfrapp e Will Gregor formam o GOLDFRAPP misturando criatividade,autenticidade,moda e música eletrônica-pop.Desde quando eu comecei a ouvir já fiquei pasma com a voz da Alison (das gravações pro live tem pouquíssima diferença,ou nenhuma),as fotos,e as roupas aaaah as roupas cada uma mais absurda que a outra,o que eu não imaginava é que a própria Alison que cria os bafos todos,daí que ela deu uma entrevista pra NYLON contando sobre design e outras produções da golden-girl,e eu bem que tentei traduzir coerentemente,né.

Eu já ouvi muito sobre os seus trajes desta turnê-você mesma fez o design deles?
Eu desenho tudo. A única vez que eu  procuro um estilista é quando não tenho tempo de eu mesma fazer alguma coisa . Eu costumava fazer isso; seria trailing em volta da loja, comprando coisas para a banda e, em seguida, antes de um show eu seria engomadora de camisas do povo.

Qual foi a gênese criativa por trás dos trajes sobre esta turnê?

Realmente nunca é uma coisa só que me inspira,é sempre um monte de coisas. Antes de Seventh Tree, fizemos isso muito no alto-brilho, muito frio, um pouco irreal em um álbum artístico que foi inspirado na fantasia. Considerando que este período de tempo, eu queria que as coisas fossem muito mais quentes e terem mais uma aparência natural.

Suponho também que eu queria uma espécie de jogo. Tal como, com o padrão de harlequim , que é uma imagem que todos conhecem, e não é particularmente masculina ou feminina. Penso que isto é uma outra coisa que, desta vez, eu realmente gosto. Antes era fada, glamour, e feminina. Desta vez eu gostei da idéia de ter algo que não era assim tão sua cara.

Você sente como que a criação estilisticamente se reflete sonoricamente em Seventh Tree?
Definitivamente. Para mim, as imagens e as músicas fazem muito parte do mesmo mundo. A música é visual, penso eu. E quando você estiver escrevendo letras, elas são visuais. Então, tudo evolui em tipos de outros.

Por você sentir que a música é tão visual, você prefere viver a realização, por exemplo, gravação?
É evidente que a escrita é uma coisa que eu tenho que fazer. E a parte visual de que fazemos não iria acontecer se não fosse pela escrita. E a parte “ao vivo” não iria acontecer se não fosse por isso. Portanto, suponho que a escrita é o que dá luz as idéias, e isso é bastante espantoso. Eu amo tocar ao vivo, embora não seja a parte mais criativa do processo, essencialmente porque você está repetindo algo.

Como foi lidar com a resposta de Seventh Tree, que foi considerado como uma partida do seu som anterior?

Eu tento não pensar sobre isso. O percurso teria sido fácil se eu fizesse outro Supernature que foi muito bem sucedido comercialmente. Muita gente teria prazer, tenho certeza. Mas nós conscientemente quisemos fazer algo diferente. Não vale fazê-lo agarrados a uma fórmula, você pode apenas se dar tão bem quanto a qualquer um que usasse a mesma fórmula. Mas também naturalmente você muda, seus sentimentos mudam,seus humores mudam, e o que você faz musicalmente é o que está acontecendo na sua vida naquele momento. A minha vida pessoal mudou enormemente, e por causa dos meus sentimentos sobre coisas,os quais mudaram muito.

Você está sempre desiludindo pessoas. Você vai decepcioná-los querendo ou não,fazendo denovo o que fazia antes, ou decepcioná-los porque você fez algo completamente diferente e eles dirão “eu não gosto disto.” Então você só tem que seguir seus instintos e fazer aquilo que se sente bem.

http://www.nylonmag.com/?section=article&parid=1981

SPACE CASE

E falando em retro art,só que agora com uma certa fusão com caricaturas,eu fiquei super apaixonada com os cartazes de filmes 70’s que um designer bem cool, Eric Tan fez para a Pixar. Lembrei disso agora,e já que minhas crises de preguiça não me permite fazer posts constantes aí meio que aproveitando o embalo haha

muito fofos,né?

RETRO ART

Não tem problema. Andy Warhol não morre mais,depois de filmes como I Shot Andy Warhol e Factory Girl, a banda super “in” The Dandy Warhols,que eu tenho até ouvido ultimamente, e as linhas fashions Levis, Anna Sui, Loop tudo homenageia o rei da arte retrô, e ainda fazem galerias e galerias em Nova Iorque pagando algum tipo de “retrospectiva” à Andy,como tava rolando na Gagosian Gallery,no caso de você pensar que não passa de uma tentativa de esconder peões em paredes brancas,pense novamente.Aqui não temos isso,ou raramente temos pra dar um “up” nas galerias,e não podemos nem nos queixar “mais Andy?”.

artist in residence: COCO

Coco’s collages,bem que eu procurei alguma palavra que definisse um trabalho desses.E é,meus neurônios realmente não foram capazes.

 

http://www.nylonmag.com/?section=album&albid=146

Art in T-shirts

Resolvi ser prestativa hoje (há),um assunto de extrema utilidade pra quem tem uma queda de leve por T-shirts.É,eu tenho uma queda de leve por essa espécie de roupa,apesar de que minhas estão pedindo um help por estarem uns trapinhos,então resolvi criar vergonha nessa minha cara e procurar T-shirts pela internet.Fiquei abismada com o tanto de coisa linda e criativa que vi,e deprê por não poder comprar nem a metade das que gostei,supero né.Mans,eu e minha filosofia neo-pobre “pra tudo tem um jeito” haha,vou reciclar os trapinhos que tenho aqui,baseando nas coisas lindas que vi nos sites,é uma boa,né não?

Pra quem quiser aderir minha idéia “neo-pobre” ou tiver disponível em comprar um caminhão de T-shirts lindérrimas,vou passar uns sites que super bombam,óki?

Se você ama cartoons/filmes/músicas/heróis dos anos 80,vai pirar nesse aqui:
http://www.80stees.com/

O Busted Tees tem umas super engraçadas:
http://www.bustedtees.com/

O meu favorito,feito por designers incríveis do mundo inteiro:
http://www.threadless.com/

E pra quem não gosta de comprar em site internacional,pode optar por um brasileiro super cool também:
http://www.camiseteria.com/

Funciona essa de comprar T-shirts pela internet sim gente!Além de elas serem bem mais legais,criativas,nem são tão caras os preços variam de US$20,e no Brasil de 30 a 50 R$ ;]
Minha amiga fez alguns modelos de t-shirts uma vez,que eu apaixonei,até tenho eles aqui,acho que ela nem lembra mais,dá uma olhada nessa da Paris:

Sou viciadíssima nessa!E ahh bom aproveito.